TRADUÇÃO (TRANSLATE)

Mostrando postagens com marcador Antichrist. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Antichrist. Mostrar todas as postagens

sábado, 1 de julho de 2017

SEITAS CRISTÃS BRIGAM POR RECURSO FINANCEIRO PROVENIENTE DO ESTADO VIOLANDO CONSTITUIÇÃO LAICA


As seitas cristãs (entidades do cristianismo) brigam por recursos financeiros proveniente do estado, desta vez aconteceu no nordeste na cidade Caxias (MA), a Igreja Batista da Paz Marcha reuniu seus membros para fazer uma passeata contra a construção de um monumento (santuário católico) o que causou a ira dos evangélicos que alegaram idolatria a uma santa feita de matéria sem vida. O pastor Pulo Jorge declarou que o local é um lugar sagrado e tombado como patrimônio histórico, o projeto além de outros monumentos cristãos, seria bancado pela prefeitura local ou seja proveniente de recursos públicos o que viola o estado laico mas na verdade a guerra é financeira e por causa da mudança dos números de fiéis da igreja católica para as seitas cristãs, de bloquinho de Deus a vassouras ungidas de R$ 1000,00 à ofertas milionárias, as seitas cristãs conseguem comprar monopólios latifundiários, emissoras de Rádio E TV, construir mega templos e dominar até mesmo a política, a igreja católica apesar de ainda ser maioria com 132 milhões de fiéis (CENSO/IBGE – 2010) contra 42 milhões (CENSO/IBGE – 2010) de evangélicos, perde milhares de católicos para as igrejas protestantes ou seja enquanto as evangélicas aumentam seus números de fiéis, a católica perde numa escala maior e acelerada, calcula-se que entre 2040 e 2050 a maioria da população de brasileiros será de evangélicos.

Fonte:
ACIDIGITAL:

quarta-feira, 10 de maio de 2017

JUSTIÇA CONDENA UNIVERSIDADE EVANGÉLICA POR INTOLERÂNCIA RELIGIOSA


A Justiça de Goiás condenou a Universidade Evangélica (UniEvangélica) e o seu reitor a pagarem uma indenização de R$ 10.000,00 à artista Rose Elaine Silvano Bueno por usar obras sacras (obras católicas) em uma exposição de um  evento da universidade. De acordo com os autos, no dia 29 de março de 2010 o reitor Carlos Hassel Mendes (foto) impediu que a artista Rose Elaine Silvano Bueno expusesse obras sacras em um evento da universidade. 


Carlos Hassel Mendes 
(reitor)


A artista teria sido expulsa pelo reitor da universidade Carlos Hassel Mendes, o juiz Ricardo Silveira Dourado, da 1ª Vara Criminal de Anápolis, julgou ter havido intolerância religiosa porque a presença da artista e suas obras sacras na universidade não implicou desmoralização à instituição. O que as pessoa não sabem é que  o caso é desde 2011 como consta no processo mas somente agora foi julgado o que demonstra a lentidão da nossa justiça. Veja número do processo para consulta abaixo.


Nº do processo: 201100525690 

Link para consulta: 


Fonte:


TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS


sábado, 6 de maio de 2017

FREIRA PROTEGIDA PELO VATICANO É PRESA NA ARGENTINA ACUSADA DE SELECIONAR CRIANÇAS PARA SEREM ESTUPRADAS POR PADRES.

Mais um ovo do nazismo foi descoberto, desta vez foi presa na argentina, a freira Kosaka Kumiko protegida pelo Vaticano e que escolhia as crianças, preferencialmente portadores de necessidades especiais com crianças surda para serem selecionas por padres pedófilos que estupravam estas crianças sob a batina em nome de Deus, no relato as crianças disseram que a freira escondia o sangramento do estupro com fraldas, o caso aconteceu no Instituto Provolo, em Mendoza, na Argentina. É mais um ovo do nazismo escondida pela igreja que agora vem a tona, somente os cegos que não enxergam esta barbaridade, não tenho dúvida de que isto acontece no Brasil corriqueiramente, porém aos olhos de um país laico (porém na prática teocrático ) como o Brasil, o judiciário e a imprensa faz vistas grossas. Seria bom as autoridades brasileiras saberem deste caso na argentina e ficarem de olhos abertos. 


Fonte:



quarta-feira, 27 de julho de 2016

PROCESSO DO MINISTÉRIO PÚBLICO CONTRA SILAS MALAFAIA É RETOMANDO

Inscreva-se neste blog, insira seu E-mail na caixa abaixo e clique em: Subscribe

Enter your email address:


Delivered by FeedBurner

(Reproduzido do MPF - Ministério Público Federal)

Justiça nega mais um recurso do pastor contra decisão que determinou o prosseguimento da ação proposta pelo MPF



O pastor Silas Lima Malafaia deve responder a processo por declarações homofóbicas feitas em julho de 2011 em seu programa “Vitória de Cristo”, veiculado pela TV Bandeirantes. A decisão é da 3ª Turma do Tribunal Regional Federal (TRF3), que voltou a negar mais um recurso do réu, acolhendo manifestação da Procuradoria Regional da República da 3ª Região (PRR3). Em ação civil pública, o Ministério Público Federal (MPF) cobra do pastor retratação por incitação à violência contra homossexuais ao criticar o uso de imagens de santos em cartazes de uma campanha pelo uso de preservativos durante a Parada do Orgulho LGBT daquele ano. O MPF pede que a retratação tenha, no mínimo, o dobro do tempo da mensagem homofóbica. Também requer que a TV Bandeirantes não veicule conteúdo que incite violência ou desrespeito contra homossexuais e que a União fiscalize o programa do pastor. Malafaia comentou no programa: “Os caras na parada gay ridicularizaram símbolos da Igreja Católica e ninguém fala nada. É pra Igreja Católica entrar de pau em cima desses caras, sabe? Baixar o porrete em cima pra esses caras aprender (sic). É uma vergonha.” A Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais Travestis e Transexuais (ABGLT) acionou o MPF que, após inquérito, concluiu pela proposição da ação judicial. “A retratação pública visa a compensação natural do dano buscando a efetiva restauração da dignidade humana daqueles que tiveram lesados seus direitos, tendo ainda a função educativa de desencorajar o ofensor a reproduzir condutas semelhantes”, além de “afastar o efeito negativo de suas declarações sobre o ânimo de terceiros em relação aos homossexuais, desestimulando a violência incitada por sua fala”, afirmou a procuradora regional da República Eugênia Augusta Gonzaga ao se manifestar em relação ao último recurso apresentado pelo réu. Malafaia recorreu duas vezes da decisão do TRF3 que anulou, em setembro do ano passado, sentença da primeira instância que havia determinado a extinção da ação civil pública sem julgamento do mérito por “impossibilidade jurídica dos pedidos formulados”. A decisão de primeira instância havia considerado as declarações de Malafaia legítimas por se tratar de livre exercício de manifestação garantido pela Constituição. 'Entrar de pau' e 'baixar o porrete' foram consideradas meras expressões populares de crítica e não propriamente incitação à violência. Ao anular a sentença para que o processo fosse retomado na primeira instância, a 3ª Turma do TRF3 afirmou que “só é juridicamente impossível a pretensão não abarcada - ainda em tese - pelo ordenamento jurídico”, o que não é o caso do que pedido pelo MPF na ação civil pública. “Se é procedente ou não, trata-se de questão de mérito”, concluiu.



*Com informações do site da PR/SP

Processo Nº 0002751-51.2012.4.03.6100


Links para consulta:  http://www.trf3.jus.br ou http://www.jfsp.jus.br/foruns-federais/

Parecer da PRR3


terça-feira, 26 de julho de 2016

SE DIGITAR A PALAVRA "ANTICRISTO" NO GOOGLE MAPS, APARECE O "TEMPLO DE SALOMÃO" DA IGREJA UNIVERSAL

Inscreva-se neste blog, insira seu E-mail na caixa abaixo e clique em: Subscribe

Enter your email address:


Delivered by FeedBurner



Se você digitar a palavra "anticristo" no Google Maps algo incrível e incomum vai acontecer e você nem imagina, pois bem esta dita palavra "anticristo" se for digitada no Google Maps, a página leva para o famoso Templo de Salomão do bispo Edir Macedo dono da Record e da Igreja universal do Reino de Deus (IURD em uma imagem captada abaixo mostra o teste que fiz, e também um GIF que circula no facebook mostra a mesma coisa.


Anticristo
(Imagem captado no Google Maps)


GIF


VEJA MAIS POSTAGENS ABAIXO

ARQUIVO

TAGS (PALAVRA-CHAVE)

2016 (3) a tentação (1) AAI (1) actress Globe (1) Agenor Duque (1) agnosticismo (21) agnóstico (21) alderman (1) alexandria (1) animações (1) aniversário (1) Antichrist (5) anticristo (3) apostolo (4) argetina (2) arquivo nacional (1) Assembly (1) Assembly of God (1) Assembly of God Victory in Christ (1) atea (4) ateismo (25) Ateísmo (1) ateu (22) atheism (23) atheist (23) atheist census (7) atheistic films (1) atriz (1) BAND (1) Bible (3) biblia (5) bispo (2) bolsonaro (1) câmara dos deputados (2) camisetas (1) campanha (1) candidate (2) candidato (3) capital da fé (1) censo ateu (10) christ (4) Christianity (5) church (17) Cidade Alerta (1) CNA (2) COI (1) constituição (1) cota (1) cota parlamentar (1) cristianismo (4) curta (1) curta metragem (1) Daniel Sottomaior (1) Datena (1) deputados (1) Deus (1) deus no banco dos réus (1) direito (1) documentário (1) documentos (1) donato brandão (1) edir macedo (2) Edmar (2) Edmar Luz (4) elections (1) elections 2016 (1) eleições (4) eleições 2016 (4) eleitores (3) emenda (1) encontro ateu (3) enquete (1) entrevista (3) estado laico (3) estatisticas (8) estatuto (1) estimativas (5) estudante (1) estupro (1) EUA (1) evangelico (1) evento (2) Fábio Porchat (1) facebook (1) Faith (3) Federal Court (1) filmes (6) gabi (1) GIF (1) gifs ateistas (1) Globo (1) God (8) god on trial (1) Google (1) Google Maps (1) grupo (2) Hate (2) hipatia (1) humor (1) igreja (9) igreja católica (1) igreja evangélica (3) igreja mundial (3) igreja universal (4) imprensa (4) instituto (1) Intolerance (4) intolerância (1) IOC (1) irreligiao (9) IURD (3) jair bolsonaro (1) jerbialdo (2) jornal (5) jornalista (1) José Ricardo Marques (1) Judicial process (2) jurídico (2) justiça (3) Justice (2) legislação (3) lei (3) livro sagrado (1) loja (1) Luz (1) malafaia (2) Maps (1) Marcelo Rezende (1) Márcio Campos (1) Marco Feliciano (1) Mato Grosso do Sul (1) media (4) microcefalia (1) midia (7) ministerio publico (1) movie theater (1) movies (2) movies atheists (2) MP (1) MPF (3) MPMS (1) MPT (1) MS (1) mulheres (2) neopentecostal (1) neymar (1) norma (1) nossos produtos (1) odio (1) organização (3) papa (1) pastor (1) Patricia Abravanel (1) patricia galvão (1) pedofilia (1) Pedophilia (1) periódico (1) pesquisa (5) polícia (1) political (3) político (5) Porta dos Fundos (1) preconceito (2) Preconception (1) Process (1) processo (2) produto (1) programa (1) proposição (1) PSC (1) publicação (1) publicações (2) questionário (1) rape (1) Record (TV) (1) rede social (1) redes sociais (1) religiao (11) Religião (2) religion (7) religious sect (2) resolução (1) resultado (1) revista (1) Rio de Janeiro (1) salário (1) salário parlamentar (1) SBT (2) sect (1) secularismo (11) seita (1) sem religiao (13) setembro (1) Shepherd (1) short film (1) silas (4) silas malafaia (4) Solomon's Temple (1) SP (2) store (1) Templo de Salomão (1) UCKG (2) universal (1) Universal Church of the Kingdom of God (2) UOL (1) Valdemiro Santiago (4) vaticano (1) veja (1) vereador (2) Victório Galli (1) videos (3) virus (1) voters (1) zazzle (1) zika (1) zika virus (1)